Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011

Guernica / Quadro de Pablo Picasso

  

      

 

 

Guernica é um painel pintado por Pablo Picasso em 1937.

 

Tela pintada a óleo representativa do bombardeio sofrido pela cidade espanhola de Guernica

em 26 de Abril de 1937 por aviões alemães  (Luftwaffe já sobre o controle de Hitler) apoiando

o ditador Francisco Franco.

Atualmente está no Centro Nacional de Arte Rainha Sofia, em Madrid.

 

Em estilo cubista, Picasso retrata pessoas, animais e edificios nascidos pelo intenso bombardeio.

Sua composição retrata as figuras ao estilo dos frisos dos templos gregos.

É um símbolo doloroso, a trágica obra do pintor cubista onde apresenta o terror que pode ser produzido

pelas guerras.

 

Em Guernica o pintor reproduz a dissolução da existência que se resume a fragmentos, a transformação

dos seres retratados, de certas formas irreais, mas que ao mesmo tempo transmitem o absurdo da

realidade e clama pela construção de um mundo renovado, tecido pela presença constante da paz e da tolerância.

 

 

Esta obra será sempre o símbolo da destruição que o homem pode perpetrar, em qualquer instante,

buscando respostas e símbolos que nunca encontrou.

 

Em Janeiro de 1973, e com o titulo The Great Guernica, o professor Jeffrey Hart do Dart mouth College

publicou no National Review um estudo onde sustenta a tese de que o bombardeio de Guernica

nunca existiu!

 

Também já se afirmou que o Holocausto da 2ª. Guerra Mundial, onde Seis milhões de Judeus e outras

raças, consideradas inferiores e que matou um total de 53 milhões de pessoas, não existiu!

 

O Futuro distante, poderá afirmar o mesmo...e muitos vão acreditar!

 

Análise baseada nalguns dados da Wikipedia e análise pessoal de Maria luísa Adães.

 

O mundo caminha na mentira e nessa base, tudo pode acontecer!

 

Maria luísa Adães

 

 

 

 

 

http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com

 

 

 

Oferta ao http://os7degraus.blogspot.com

4 Setembro de 2011

 

 

Http://rosasolidão.blogspot.com

 

Oferta ao http://os7degraus.blogspot.com

 

Setembro de 2011

publicado por M.Luísa Adães às 15:08
link do post | favorito
De poetazarolho a 2 de Setembro de 2011 às 19:42
“Compro almas”

Compro almas, compro ouro
Compro vidas, compro prata
Vendo os títulos do tesouro
Porque tenho uma grande lata

Vendo cartilhas de governação
Aos iluminados governantes
Vocês pagam com suor o pão
Pagam imposto aos meliantes

Compro vidas, compro almas
Dos que agora são pedintes
Já não contribuem com nada

Outrora trazia-os nas palmas
Quando eram contribuintes,
Vendo muita alma renovada.
De M.Luísa Adães a 3 de Setembro de 2011 às 09:17
Poeta

Já se compram almas
já se compram vidas
já se compra ouro e prata,
já se compra tudo...

Também se vendem almas
também se vendem vidas
também se vende a prata
também se vende o ouro
valorizado...

Está tudo à venda!...

Que se passa?
Diz a lua a quem passa...

Maria Luísa
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001