Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011

Fragata D. Fernando II e Glória ( Outubro de1843 - última "Nau Portuguesa" )

    

 

A Fragata D. Fernando II e Glória, o último navio à vela da Marinha Portuguesa

e tambèm a última "Nau" a fazer a chamada "Carreira da Índia".

 

Foi o último grande navio que os "Estaleiros do antigo Arsenal Real da Marinha de Damão" construiram para

a Marinha Portuguesa.

 

A fragata recebeu o nome de "D. Fernando II e Glória, não só em homenagem a 

D. Fernando Saxe Coburgo Gota, marido da Rainha D. Maria II, mas também por ter sido

entregue à proteção de  Nossa Senhora da Glória, de especial devoção entre os goeses.

 

D. Maria II  (Maria da Glória, filha do Imperador D. Pedro I do Brasil, nascida ela própria, no Brasil ).

 

A fragata, navegou durante 33 anos.

 

Em 1940 cessou o seu uso pela Marinha Portuguesa sendo a fragata transformada em  

"Obra Social da Fragata D. Fernando", instituição social que se destinava a albergar 

e dar instrução e treino de marinharia a rapazes oriundos de Famílias Pobres.

 

Em 1963 um violento incendio destruiu grande parte do navio, ficando abandonado no Rio Tejo, cerca

de 29 anos.

 

Em 1992 e 1997 foi recuperado pela Marinha Portuguesa, no Arsenal do Alfeite e estaleiros Rio-Marine

de Aveiro.

 

O navio esteve exposto na Expo 98!

 

Preservado como navio museu, se encontra no Pontal de Cacilhas - Almada-  Lisboa - margem sul do Tejo.

 

Revista da Armada nº. 305 e 306 de Janeiro e Fevereiro de 1998.

 

Breve análise de,

 

 

Maria Luísa Adães

 

 

 

                                  In&tantes d´um Louco / Obrigada/ Maria luísa

 

                                    Oferta ao http://os7degraus.blogspot.com

 

                                                       7 de Agosto de 2011

 

                                                        (Não copiar a imagem) 

                                                        

 

 

 

 

                                       http://alemdosfragmentos24x7.blogspot.com

 

                                       Oferta ao blogs:  http://os7degraus.blogspot.com

 

                                                             9 de Agosto de 2011


           

publicado por M.Luísa Adães às 08:16
link do post | comentar | favorito
42 comentários:
De MIGUXA a 4 de Agosto de 2011 às 22:26
Maria Luísa,

Sempre avivando a memória dos que se perdem na tristeza do presente...

Não podemos esquecer que fomos heróis, conquistadores dos mares e das gentes...

Beijinho doce
Margarida
De M.Luísa Adães a 5 de Agosto de 2011 às 08:18
Olá Miguxa

Há tanto não sabia de ti! Todos os dias vou
a Cacilhas a pé (talvez 2Km) e vejo a Fragata
que foi a última Nau. Também foi afundada,
mas resistiu 29 anos no Tejo, esquecida...

Eu me lembrei que muitos não sabem da
existência dela e do seu passado, também não sabem que D. Maria II (Maria da Glória) nasceu em Petropolis - Rio de Janeiro e foi a
única rainha brasileira que tivémos.
Quem sabe?...

Eu tenho estudado a história do Brasil e a juntei à nossa história e trouxe a Fragata ao
cimo, foi a única que se salvou e foi construída
pelos Goeses em oferta a D. FernandoII (titulo
oferecido por Maria da Gloria ao marido, pois
o amava muito) e aí está, o que resta do nosso
Passado.
Aguardemos o futuro, para quem ainda tem futuro e vamos partir de um princípio poético
de que todos temos Futuro...

E os dias se tornem menos amargos
e a Esperança regresse às nossas vidas...

É a minha súplica ao Eterno!
E por todos peço e tanto me tenho lembrado de ti!

Um beijo e obrigada.

Maria Luísa Adães

p.s.Ela pode ser visitada (tenho de saber as horas)
e está em doca seca em,
Cacilhas - Almada.

De noite está iluminada por dentro, como nos velhos tempos de Glória.

Comentar post


Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001