Sábado, 9 de Outubro de 2010

Liu Xiaobo /Prémio Nobel da Paz / Setembro de 2010

 

 

  

 

O Prémio Nobel da Paz de 2010 foi dado a Liu Xiaobo

 

pela sua longa luta - não violenta -

 

pelos direitos fundamentais da China.

 

 

Essa actividade dos direitos humanos na China lhe deu

 

 onze anos de prisão e dois dias de privação de

 

direitos civis.

 

A mulher do galardoado exige às autoridades chinesas a sua

libertação imediata.

 

 

O Governo Chinês diz que a atribuição do prémio a um criminoso

é uma violação de princípios contrária ao Nobel.

 

 

 

O Nobel Norueguês refere que há muito acredita existir uma ligação estreita,

entre os Direitos Humanos e a Paz.

 

 

Breve análise de um assunto, profundamente, humano.

 

Maria Luísa

 

 

 

 

 

Liu Xiaobo dedica Prémio às vitimas do massacre de Tiananmen.

 

Nobel da Paz incomoda Pequim!

 

Vêr vídeo, do drama revivido do Nobel da PAZ,  Prof. Xiaobo e família no:

 

http://anjodaesquina.blogs.sapo.pt

 

o considero uma bela Homenagem - Maria Luísa

publicado por M.Luísa Adães às 22:51
link do post | favorito
De Maria João Brito de Sousa a 11 de Outubro de 2010 às 15:58
Sim, amiga.Tem sido largamente noticiado pelos media e a China não está lá muito contente por vê-lo galardoado com tão distinto prémio. Felizmente o mundo ainda tem muita gente como ele, capaz de apostar vida e morte nas suas convicções... nestes casos muito evidentes e noutros de que a maioria nem sequer se apercebe mas que são, também, atentatórios da dignidade humana. Quem dera que fossem mais. Esperemos que venham a ser mais, muitos mais nas próximas gerações!
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2010 às 17:00
Mª. João

Eu espero que sim, tal como tu dizes, nas
próximas gerações.

Até lá, vamos dando o nosso contributo maior,
dentro dos dons que Deus nos deu.

Entendidas ou não, há-de chegar a hora em que o entendimento vem e nos traga a nós, ou
aos próximos, ao cimo da compreensão e da
sensibilidade de que fomos dotados.

Sinto-me um pouco mística, pois fui a convite de uma Sor. Cecilia, espanhola, da ordem de
clausura a ler a sua Oração no blogs onde
escreve.
Ela pensou que eu gostaria de ler. Pediu um
translated no meu blogs para entender o que escrevo.
Ainda não o poude fazer (não sei como se faz)
mas a avisei de que escreva eu o que escrever,
há sempre misticismo escondido.
Não sei se gosta do que escrevo, pois há uma
sensualidade não chocante, e uma sensibilidade muito grande. E ela deve ter uma visão de Jesus diferente da minha,
embora isso não implique que não me possa ler

Fiquei mistica (eu até o sou, mas não pareço)
pois o pedido dela me sensibilizou.

Obrigada por me leres.

Maria Luísa
De Maria João Brito de Sousa a 11 de Outubro de 2010 às 17:53
Não me parece, de maneira nenhuma, que a senhora se vá sentir chocada com a tua poesia, amiga! Muito pelo contrário!
Tu nem me perguntes como se fazem as traduções online! Eu não sei, mas já vi resultados que preferiria nem ter visto!
Isto vai fechar. Tenho de ir. Abraço gde! Desculpa... acabeio por não fazer nada de jeito.
De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2010 às 18:51
Mª. João

Bem, então posso ser lida, mesmo que possa não ser entendida, mas isso não interessa.

Que viste tu que preferias não ver com essas traduções. Bem, nesse caso desisto!

Eu entendo bem em espanhol o que ela escreve
mas ela entende muito mal o que eu escrevo.

Eu não escrevo muito fácil. Só a Arrábida é
simples, mas dou um pouco de erotismo à
Serra, para quem percebe.

Amanhã conta esses resultados que viste que
te impressionaram.

Noite feliz, mas tu, só amanhã me vais ler.

Fica a intenção. Um abraço,

Mª. Luísa

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001