Domingo, 22 de Agosto de 2010

Pela PAZ / Em memória de Rachel Corrie

 

 

Rachel Corrie, pacifista de 23 anos, pertencia ao Movimento Internacional de Solidariedade.

 

A 15 de Março, 010, numa acção em Rafah, na fronteira de Gaza,

 

tentava opor-se às demolições de Casas Palestinianas.

 

Sentada na trajectória da Bulldozer, que  a viu e continuou e lhe passou por cima,

declarou Joseph Smith, pacifista da EEUU.

 

Rachel Corrie, perdeu a vida, quando defendia, com seu próprio corpo as suas ideias,

os direitos de cidadãos de ter um Tecto e uma Terra.

 

O Movimento Pacifista tem em Rachel Corrie o seu símbolo e o seu Mártir.

 

Morta, na lógica absurda e brutal da guerra que todos nós pedimos

e tentamos parar.

 

Há vitimas civis em ambos os países - Israel e Palestina.

 

Em memória de RACHEL CORRIE 

 

e de Todos, quantos continuam a morrer, mesmo neste instante

 

em que escrevo.

 

Pedimos o acabar das injustiças cometidas, dia após dia,

na Palestina.

 

Rachel,  obrigada pelo sacrifício de tua mocidade.

 

Possa Deus reconhecer a Grandeza de teu Destino

 

E os Homens não possam esquecer!

 

Breve análise de:

 

Maria Luísa Adães

 

 

Oferta "Miguxa" Agosto/010/ ao blogs http://os7degraus.blogspot.com

 

 

Oferta/Outros Encantos/ Agosto 010 

   Para o blogs:  http://os7degraus.blogspot.com

publicado por M.Luísa Adães às 11:06
link do post | favorito
De jabeiteslp a 22 de Agosto de 2010 às 15:56

não conhecia a história
mas pra mim
vã gloria...

e pergunto-me se esses activistas
tão pacifistas
não necessitem de óculos
de descortinar o emaranhado de tal
em grupos de extremismo
no mais fundamental ...

se nem ordem conseguem
é com pena
em vã glória
a dessa pikena...

melhor entendedor é
quem sabe ouvir
e parece-me que só sabem berrar...enfim

doi saber que somos jogados
nós...

uma feliz tarde
beijinhos
De M.Luísa Adães a 22 de Agosto de 2010 às 19:30
joca

O meu filho me mandou a notícia do Brasil.

E eu resolvi trazer Rachel Corrie como
Homenagem aos seus ideais pacificos e ao acabar das guerras.

A guerra me repugna, venha ela de onde vier.

E considero que ela merece vir ao blogs, onde
escrevo as coisas que me tocam.


No entanto, não condeno opiniões diferentes da minha e aceito com carinho e amizade,
as opiniões diferentes, do que eu sinto e penso.

beijos e obrigada poe responderes.

Mª. Luísa
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001