Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

http://prosa-poetica.blogs.sapo.pt

 

 

 

 

Maria Luísa Adães

                        selo-qualidade11.png prêmio quality image by goodheart2008

publicado por M.Luísa Adães às 12:24
link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De Just Moments a 29 de Julho de 2009 às 13:31
Que belas fotos Amiga!!

E sempre com o mar por trás..que nos "lava a alma"

Beijinhos
De M.Luísa Adães a 29 de Julho de 2009 às 14:52
Just Momenta

Grata pela tua presença.

O mar e todo o seu simbolismo me fascina e
amedronta.
Dois sentimentos contraditórios.

Obrigada por gostares,

Mª. Luísa
De noitesemfim a 29 de Julho de 2009 às 14:35
O mar, imensidão onde podemos esprair os sonhos e navegar ao sabor do vento.

Cumprimentos
De M.Luísa Adães a 29 de Julho de 2009 às 14:55
noitesemfim

O mar que me fascina e me amedronta, mas
podemos navegar e sonhar, ao sabor do vento.

Obrigada pela tua presença e gentileza.

Beijos,

Maria Luísa
De 100timento a 29 de Julho de 2009 às 21:08
Amiga...Sejamos sempre como o mar, fonte de inspiração...fonte de força...fonte de vida...
Gostei das fotos e numa delas tens o que eu sabia somente de te ler...um olhar sonhador.
Beijinho do Rui
De M.Luísa Adães a 30 de Julho de 2009 às 08:06
Rui

Gostei dessa do "olhar sonhador"

e digo:

Tu és o Mar!
sei do teu encanto
temo a tua força
Não sou tua!...

Sinto o sortilégio
do teu canto,
a ternura
do instante,

No reflexo do Luar
tu brilhas
e chamas...
ondeando as águas.

Ouço o teu chamar
mas não posso andar
na estrada de prata,
feita dos pedaços
de Luar...

Fico na Serra
no mistério das Sombras
no aperceber de sons
desconhecidos...

Sou uma árvore
alimentada de seiva

E sei...
Pertenço à Serra,
ao Mar e à Vida!

Do Livro:

Arrábida
Serra, Mae e Vento

De Maria Luísa Adães

De rosafogo a 30 de Julho de 2009 às 23:33
Mais um poema que eu não conhecia e que é maravilha. Parabéns amiga.

beijo
natalia
De M.Luísa Adães a 31 de Julho de 2009 às 09:33
O Poema vem do Livro:

Arrábida, Serra, Mar e Vento de Mª. Luísa
Adães.

Obrigada por gostares!

Bºs, Mª. Luísa
De M.Luísa Adães a 30 de Julho de 2009 às 08:09
rui

há uma gralha:

o livro chama-se,

Arrábida, Serra, Mar e Vento!

Obrigada,

Maria Luísa
De rosafogo a 30 de Julho de 2009 às 23:31
Amiga

Não sei como vim aqui parar, queria ter ído ao Prosa Poética, para te deixar um beijinho, eis quando dou com as tuas belas fotografias.
Adorei conhecer-te, tens aquele ar ternurento
que eu te via (sem te ver), pois é amiga, quando temos algo gostoso em comum, conseguimos idealizar a outra pessoa, mesmo sem a conhecermos pessoalmente.

Olha Mª Luísa adorei
beijinho
natalia


De M.Luísa Adães a 31 de Julho de 2009 às 09:30

Natália

Antes de abrir o computador pensei em ti e
enconto-te nas minhas fotografias.
lembrei-me de me colocar para que me conhecessem.
Obrigada por gostares e encontrares o tal ar ternurento com que me idealizavas.

Agradeço!

Beijos,
Maria Luísa
De neuza a 6 de Agosto de 2009 às 06:44
Mª. Luísa


Lindas fotos! E o teu mar, como fundo da tua
presença.

com amizade,

Neuza
De poetaporkedeusker a 7 de Agosto de 2009 às 16:17
Estás tão bem... mas eu é que devo ser palerminha porque não me recordo de te ter visto lá... não me recordo mesmo nada! Devia estar emocionada... gaga estava, de certeza! Fiquei sem saber exactamente a quem deveria agradecer... queria dizer o soneto "A Ilha" e esqueci-me das duas últimas estrofes. Claro que acabei por não dizer nada que jeito tivesse! Sabes, não é muito comum eu ficar assim tão "engasgada". Sempre estive muito à vontade para falar em público, mas a verdade é que não sabia mesmo o que dizer...
Esperemos que tenha sido um acidente pontual. Ainda não te consigo recordar, lá na festa. Não consigo evocar nenhum rosto semelhante ao teu. Estavas com esse mesmo penteado? Tu queres ver que eu ainda estou pior do que o que pensava??? A sério, amiga; começo a achar preocupante este meu alheamento...
Espero que tenhas um magnífico fim-de-semana. Eu tenho um compromisso com umas páginas de prosa que já deveria ter escrito e ainda não consegui. Mas tem de ser neste sábado!
Abraço grande, grande!
De M.Luísa Adães a 7 de Agosto de 2009 às 20:03
Mª. João

Não importa! Estavas nervosa, ansiosa e não
quis incomodar.
Fica para uma próxima. Sem problema!

A foto me beneficia (aqui para nós).

Beijos,

Maria Luísa
De poetaporkedeusker a 10 de Agosto de 2009 às 12:07
Não, amiga. Eu continuo convencida de que estou ainda mais desmemoriada do que pensava. Não pode ser normal! Toda a gente vê toda a gente, toda a gente repara em tudo e eu... nada. Por muito que evoque a tua imagem, não consigo recordar-me de ti! E sinto que deveria. Não sei poquê, mas acho que sou uma palerma chapada! Tu até estás muito bem na foto, eu é que não me lembro de ti e o problema é meu, de certeza absoluta!
Um grande abraço e desculpa!

Comentar post

relojes web gratis

Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001