Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

Portugal e os Descobrimentos

 

O Theatrum Orbis Terrarum de Abraham Ortelius

 

Resultante das intensas explorações maritimas,

 

a maior epopeia Moderna.

 

 

Os Descobrimentos Maritimos, são um acontecimento que pelas

suas repercussões abrangem toda a humanidade.

 

Portugal foi o Maior no Renascimento com os Descobrimentos Maritimos

 

E o Lusíadas de Luís de Camões ( 1524/158o).

 

 

E neste momento de incertezas, possam estes feitos ajudar este País

 

Que se afunda, a lembrar o poder desses Portugueses

 

Que assombraram o Mundo e deram a esse mundo,  Novos Mundos.

 

Todos esperamos por esse momento!

 

Maria Luísa

 

 

O Anjo da Sorte, oferecido por "Pruni Terra de Bruna"do blogs

http://rosamariblanco.blogspot.com para o :

 

 http://os7degraus.blogspot.com

 

Eu o ofereço, ao Povo Português do qual faço parte, para que o "Momento Presente"

se transforme por Magia, num mundo mais "Lúcido e Melhor". Todos estamos esperando!...

 

Maria Luísa

 

   

                                                                  África em Poesia / oferta ao :  http://os7degraus.blogspot.com

                                                                    

 

                                                                  14 Abril de 2011

                                                                                                                             

                                                                                     

publicado por M.Luísa Adães às 15:20
link do post | comentar | favorito
|
58 comentários:
De jose a 7 de Abril de 2011 às 16:33
Querida Maria Luisa !
Nesse tempo demos novos mundos ao mundo, andamos por mares nunca navegados, e mostramos nesse tempo o que era ser português.
E hoje também estamos mostrando ao mundo o que é andar de mão estendida, por causa de uma mão cheia de corruptos, oportunistas e ladrões, que nos têm roubado tudo, até o gosto pela vida.

Um beijinho grande,
José.
De M.Luísa Adães a 7 de Abril de 2011 às 17:47
José

Muito agradecida por teu comments.

E é isso mesmo que tu dizes,

ficámos a dormir, à sombra dos Descobrimentos.

Obrigada por escreveres,

Um beijo grande,

Maria Luísa
De MC a 7 de Abril de 2011 às 17:51

Muito bom, Maria Luísa, bem visto, bem

analisado! De um povo tão inteligente na época, deu no futuro, a miséria e a ignorãncia. Acordamos tarde, á sombra das
descobertas.

MC
De M.Luísa Adães a 8 de Abril de 2011 às 13:20
Talvez seja isso. O que fez tão bem ao mundo

_" As Descobertas" - onde fomos os primeiros e os melhores, parece que paralisaram o
Futuro deste País, no passar dos séculos.

Gostei de a encontrar,

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 8 de Abril de 2011 às 12:07

e até a Europa ajuda a enterrar
nos seus pragmáticos dogmas
os que não sabem nadar

e nós de marinheiros
já velhos e pouco matreiros...



uma feliz tarde Luisa
De M.Luísa Adães a 8 de Abril de 2011 às 15:58
Verdade, tudo a enterrar as glórias de um povo...

Mas de quem é a culpa?

Um beijo,

Mª. Luísa
De M.Luísa Adães a 8 de Abril de 2011 às 16:26
Verdade amigo,
mas que se adormeceu à sombra dos feitos dos
antepassados - isso sim - estamos fartos de dormir e agora acordaram (será que já acordaram de um sono de séculos?) e que vão
fazer? Nada a fazer ou tudo a fazer!

Mas fazem? Pobres dos vencimentos de miséria...

Um beijo

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 9 de Abril de 2011 às 21:02

beijinhos Luisa
um grande fim de semana

e continuamos a tirar água de um barco
sem ir ao fundo

pena a não existencia de quem
e o poder aplicar o que os Banqueiros se fartem
de ganhar....

De M.Luísa Adães a 11 de Abril de 2011 às 11:15
Jabei

O povo está cansado de tirar a água do barco
a afundar e os politicos não se cansam de mentir.

E depois que vem? E agora como se vai subsistir nesta situação. E repara, "Eles não
sabem"...somos a Grécia? Deus nos ajude!

Perderam-se os Valores
perdeu-se a dignidade!

Jocas não percas o bom humor!

Boa semana para ti.

Beijos,

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 8 de Abril de 2011 às 12:11
Sem dúvida! Portugal foi o pioneiro de um espírito de descoberta que é inerente ao ser humano! Camões cantou esse Espírito e, neste momento, estamos completamente dependentes do financiamento alheio... isto não tem nada de objectivo, mas deixa-me dizer-te que Portugal, enquanto País, está parecidíssimo comigo, enquanto pessoa. Valha-nos, a ambos, Portugal e eu, o tal espírito de aventura e o génio que ainda temos em nós. Desculpa estar a fazer esta análise tão subjectiva... parece que também eu me exprimo melhor através destas metáforas e a nossa situação seria desesperada se não tivéssemos - porque temos mesmo! - um génio muito próprio, muito firme, muito criativo. Portugal erguer-se-á! Eu, provavelmente, já o não poderei fazer em vida, mas Portugal voltará a erguer-se!
De M.Luísa Adães a 9 de Abril de 2011 às 11:00

Obrigada por esta linda divagação...

E dizes que Portugal se tornará a erguer!

Eu quero acreditar que sim, mas já não tenho tempo para vêr.

E sendo assim, pertenço e pertencerei sempre, apesar do tempo que passou e vai passar,

"Uma Geração à Rasca"...

Com isto quero dizer que essa Geração não é única, para os chamados jovens do Presente.

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 11 de Abril de 2011 às 16:58
Eu também penso que não estarei cá para ver Portugal reerguer-se, amiga. A minha doença degenerativa do tecido conjuntivo já foi diagnosticada há mais de dez anos e a medicação - estou avisada - não é "meiga"... a Varfarina é muitíssimo desmineralizante e é um daqueles medicamentos que têm riscos. Enormes riscos. Sei disso e tenciono continuar enquanto puder. Infelizmente piorei durante o fim de semana e mal consigo andar... não me surgiu nem um poema ou mesmo aquela necessidade habitual de escrever. É sempre sinal de que as coisas estão a piorar, do ponto de vista físico. Mas podem vir a melhorar, claro! Gosto de acreditar, sempre, que as coisas vão mesmo melhorar!
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 12 de Abril de 2011 às 14:21
Amiga

Também eu piorei,
Fui para o hospital!

Melhoras,
M.L.

p.s. só respondo a este blogs.
De poetaporkedeusker a 12 de Abril de 2011 às 14:55
Tudo bem! Não te esforces... também não sei muito bem se vou conseguir ficar no CJO até ao fim do horário. Sinto-me bastante mal e estou febril...
De M.Luísa Adães a 13 de Abril de 2011 às 10:27
Obrigada, assim farei!

As tuas melhoras!

Um abraço,

Mª. Luísa
De Lucia a 9 de Abril de 2011 às 14:57
Fomos tão grandes

E agora mendigamos

Sem destino!...

Muito bom o que pretendes dizer, nessa forma tão tua de escrever.

Um beijo
De M.Luísa Adães a 9 de Abril de 2011 às 15:37
Lucia

Sem pretender ofender, sou Humanista,
tento apresentar com delicadeza a forma
difícil e delicada em que o País se encontra.

A não esquecer, o que a humanidade deve a este povo, tão esquecido de todos os seus valores.

Obrigada por escrever,

Mª. L.
De MIGUXA a 10 de Abril de 2011 às 00:28
Maria Lúísa,

Fomos tão grandes, estamos a ser tão humilhados, ainda por cima por aqueles que deveriam ser nossos parceiros...
Ao longo das décadas temos sido depauperados por gente sem escrúpulos e que apenas olha o seu próprio umbigo e dos capangas da ordem.
Quero acreditar que, vamos conseguir, os génios deste país não podem ser todos corruptos e ainda há muita gente que quer trabalhar, que tem filhos, para os quais augura um futuro promissor...

Vença a dignidade sobre a submissão apadrinhada.

Beijos
Margarida
De M.Luísa Adães a 11 de Abril de 2011 às 10:46
Migu

Agradeço e estou de acordo contigo, tu disseste
tudo!

"Que vença A Dignidade"...

e ela existe ou é metáfora?

Tive uma recaída e continuo mal. Se não há
solução, tenho de aceitar todas as ordens...
entre elas deixar de escrever.

Sabes que isso me custa muito e vou escrevendo, pouco até que eu própria sinta
que perdi a batalha.

Até lá, escrevo menos, mas escrevo e fora do google, respondo a quem me visitar.

Sinto sempre a tua falta! Gostei de ti e continuo a gostar...desculpa falar neste assunto.

Um beijo,

Maria luísa
De MIGUXA a 20 de Abril de 2011 às 20:00
Sabes Amiga,

Queria ter palavras para te agradecer...
Podes , no entanto, acreditar na minha sincera amizade e admiração...

Desejo que te recuperes a curto prazo e definitivamente.

Uma Páscoa Feliz e em paz
Beijo enorme
Margarida
De M.Luísa Adães a 21 de Abril de 2011 às 10:58
Margarida

Eu continuo a escrever no Google, mas aí ,eu respondo apenas a comentários que me possam tocar, ou perguntas que me façam.

O google está aberto com poemas tão recentes
como o dia de hoje ou ontem. Esqueceste minha poesia? Quando digo "sinto a tua falta"
me refiro à minha poesia do blogs principal,

os7degraus.

Estou melhor, mas em tratamento.
Escrevo poemas, não o devo fazer, mas escrevo
e os amigos mais especiais como tu, me ignoram e tanto me custa...

Não é uma censura, respeito a intimidade das pessoas e sua liberdade, mas uma forma de desabafar. ..
Espero não ter magoado!

No entanto, acredito em ti e nada mudou em mim.

Pascoa Feliz e obrigada,

Mª. Luísa
De Ana Martins a 10 de Abril de 2011 às 00:41
Luísa, amiga,
vivemos dias difíceis com tendência a piorar muito. Eu já não posso cortar muito mais às despesas, em contenção andamos nós, (eu e o meu marido), já há uns anos. É como já disse, só me falta cortar a net.

Beijinho,
Ana Martins
De M.Luísa Adães a 11 de Abril de 2011 às 11:00
Ana, amiga,

Tens toda a razão e dizes tudo, quanto a grande maioria sente.

É natural e não é natural que o País se tenha
perdido...

Por isso eu pergunto e foco os "Descobrimentos"
de um povo que deu ao Mundo Novos Mundos.

Ana, eu não sei se vives em Portugal? Me parece que sim, mas sempre pensei seres
brasileira.

Para mim é confuso, pois estou muitas vezes no Brasil, mas não quero deixar Portugal.

Mas sempre te senti "brasileira" estranho, não?...

Não cortes a Net, mas aguardemos um pouco mais, talvez as nuvens negras desapareçam
e venha o azul brilhante e limpo do nosso céu.

Obrigada por tua visita e um beijo grande,

Mª. Luísa
De Simbologia do aMoR a 10 de Abril de 2011 às 18:33
Um País só deixa de ser grande quando há políticos que pensam em si mesmos.

Abraço
De M.Luísa Adães a 11 de Abril de 2011 às 11:06
Amiga,

É isso mesmo - eles deixaram de pensar no Povo.
Só eles existem e quem os rodeia.

E o País que é de todos e não de alguns, está
a afundar.

Não sei o que vem a seguir...

Beijos e obrigada por te lembrares de mim e
do nosso Portugal.

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 13 de Abril de 2011 às 12:50
que tudo vá bem
ou como se diz

tás doente ?


beijinhos

De M.Luísa Adães a 13 de Abril de 2011 às 15:24
Estou doente
Continuo doente
Numa Dor pungente...

Aos poucos escrevo por mim e respondo aos
amigos assíduos, como tu!

Beijo,

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 13 de Abril de 2011 às 21:13

uma ondinha ao cair do pano
fim de tarde
nada melhor
no florir desse astral...

beijinhos Luisa

há´´aááaá´´aááá´´a
e umas saladinhas
coisa que eu não faÇo
mas cairiam uns quilitos....
De M.Luísa Adães a 14 de Abril de 2011 às 10:58
Gostei dessas risadinhas a florir o astral.

Que bom ter um amigo assim!...

Beijos muitos,

Mª. Luísa
De M.Luísa Adães a 14 de Abril de 2011 às 11:38
Uma onda vinda do teu mar
bateu em mim,
floriu no meu sentir.

E levada por essa onda,
continuei a amar,
longe e perto de ti...

Preciso que caia um quilo - apenas Um!

Passa bem a tarde nesse entardecer "remoto"

Mª. L.
De jabeiteslp a 14 de Abril de 2011 às 11:57
uma feliz tarde Luisa
joca de uma de topografia
De jabeiteslp a 14 de Abril de 2011 às 11:59
joca de uma aula de Topografia

assim é que é
De jabeiteslp a 14 de Abril de 2011 às 12:03
à socapa....
De M.Luísa Adães a 14 de Abril de 2011 às 16:29
Te esqueceste!

Eram as flores que desejavas entregar.
Já ficou tudo certo!

Um abraçito.

Mª L.
De M.Luísa Adães a 14 de Abril de 2011 às 16:24
Topografia: descrição e representação gráfica de um lugar. Arte de representar gràficamente um lugar com os acidentes da superfície.

Bons estudos feitos no terreno em campo-livre.

Belo dia!

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 14 de Abril de 2011 às 12:26
à socapa de novo

pois respondi a mim próprio

trapalhadas
De M.Luísa Adães a 14 de Abril de 2011 às 16:26
Respondeste a ti próprio?
Outra arte a desenvolver!...

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 18 de Abril de 2011 às 22:57
Uma Páscoa muito feliz pra vocês

beijinhos
ó traquinas...hé hé hé
De M.Luísa Adães a 19 de Abril de 2011 às 09:52
jabei

Tudo bom, os estudos de terrenos remotos também e tudo caminha.
Fico feliz quando te encontro!

Boa Páscoa para to e Família,

Um abraço,

Maria Luísa
De M.Luísa Adães a 19 de Abril de 2011 às 09:54
Desculpa o erro:

Boa Páscoa para ti e Família!

Mª. L.
De jabeiteslp a 19 de Abril de 2011 às 11:39

que tudo vá bem por aí

beijinhos
tou numa aula de Topografia
instrumentação
De M.Luísa Adães a 19 de Abril de 2011 às 14:49
jabei

Tu és um homem de convicções fortes.

Instrumentação em Topografia não é para brincar...

Já estou na fisioterapia, mas não posso abusar,
provávelmente para sempre.

Atenção à aula (não é fácil).

Páscoa Feliz,

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 19 de Abril de 2011 às 16:07
De M.Luísa Adães a 19 de Abril de 2011 às 18:19
Joca da Covilhã

Já tinha reparado na falta das flores e já tinha

desejado um sorriso forteeeeeee.

Agradeço,

Mª. Luísa
De Maria Cecilia a 19 de Abril de 2011 às 11:29
O que escreves, está de uma verdade imensa.

Por onde ficou Portugal

Que deu ao mundo "Novos Mundos?"

Todos esperamos com ansiedade e apetece
clamar :

"Levanta-te Portugal"

Páscoa Feliz

M. Cecilia
De M.Luísa Adães a 19 de Abril de 2011 às 14:54
É isso mesmo...

Levanta-te Portugal e por favor raciocina
para não fazeres mais asneiras.

Todos dependemos dos governantes e deixemos a guerilha para os guerilheiros.

Nós pertencemos ao Mar, não à selva!

Páscoa Feliz e obrigada,

Mª. L.

Comentar post

relojes web gratis

Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001