Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

O Discurso do Rei

 

 

      

 

Vi o filme antes de ser exibido no Brasil. Nos mostra o Rei Jorge VI que toda a vida

teve um problema na fala (gaguez), bastante acentuado e que só agora, veio ao

público, através do filme apresentado.

 

Trata-se do pai da Rainha Isabel II. Não sei se isso influenciou a nomeação para

tantos óscares e penso que os vai receber, pois se trata de mais um segredo,

da Família Real Inglesa a ser levado ao cinema pela primeira vez.

 

E a Família Real Inglesa é sempre notícia!

 

O filme está muito bem interpretado por Colin Firth  (Mr. Darcy no Orgulho e Preconceito,

de Jane Austen, levado pela BBC nos anos 8o - extraordinário de beleza).

 

Geoffrey Rush num excêntrico terapeuta que faz o Rei superar a gaguez e se tornar

no lider da Nação, depois do discurso ao povo, com uma voz calma e normal.

 

Apoiado por Winston Churchill e nos bastidores pelo terapeuta da fala, foi o Chefe na

Inglaterra, durante o terrível Holocausto que assolou o mundo inteiro.

 

O Holocausto matou 6 milhões de Judeus e outras raças consideradas inferiores 

e 53 milhões em toda a guerra.

 

Jorge VI, o Rei Gago, ( titulo no Brasil) junto com o amigo excêntrico terapeuta, nunca falhou nos discursos ao Povo.

 

Mas falamos da parte emotiva do filme, muito boa. Tantos óscares, não sei! Talvez todas estas

influências o tenham levado aos píncaros da montanha. 

 

Não esquecer que os Óscares no Cinema, como todos os Prémios  e tudo no mundo - é Politico!

 

Esta é uma breve análise e uma opinião pessoal.

 

Maria Luísa Adães

 

 

                          Do blogs:http:// pitufosos.blogspot.com / Oferta ao blogs:  http://os7degraus.blogspot.com

                                                                      

                                                    Fevº.  de 2011/ Fotografia de Thomas barbéy/ Agradeço - Maria Luísa

 

                

                                       DE Pruno oferecido aos amigos dos animais e neste caso ao blogs: http://os7degraus.blogspot.com

 

                   23 Fevº. de 2011/ Maria Luísa, tua amiga, te agradece, gatito lindo!

 

                   

                       Oferta de Pruno ao blogs: http://os7degraus.blogspot.com

 

                                                         http://quellalucediluna.blogspot.com  para o blogs: http://os7degraus.blogspot.com

 

                                                                                            (Quella Luce di Luna )

 

                                                               

publicado por M.Luísa Adães às 10:08
link do post | comentar | favorito
|
43 comentários:
De jabeiteslp a 22 de Fevereiro de 2011 às 10:57

ver se um dia destes dou um salto ao cinema..

jocas e um dia feliz Luisa
De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2011 às 12:19
Jabei

Me parece que melhor! Vi o filme no Brasil antes de saír no cinema. Tem o nome de
"O Rei Gago".

Não digo ao público, mas digo-te a ti, o filme está bem interpretado, é bastante bom, mas
não sei," se não se tratasse de JorgeVI", pai de
Isabel II, não ficaria apenas como um filme bastante interessante, mas sem óscares...

Esta é a minha opinião e eu, até percebo alguma coisa de cinema.

Gosto mais de Cinema do que de Teatro!

Mª. Luísa

Obrigada por te encontrar como amigo que és.

As melhoras e um beijo,

Maria Luísa

De omeueudepapel a 22 de Fevereiro de 2011 às 13:05
Olá minha amiga ainda não vi mas gostava de ver até porque gosto imenso do actor masculino que acho muito versátil. Minha querida amiga tenho ido ao outro lado mas ainda ando às apalpadelas e não sei muita coisa, por exemplo como se responde por isso vou com calma mas agradeço de coração a sua amizade, ajuda e constante companhia e comentários. Um grande bem haja com muito carinho. Bjs
De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2011 às 14:31
O filme é bom e interessante. Merece ser visto.
Eu o vi no Brasil antes de ir para os cinemas,
numa sessão particular. Chama-se "O Rei Gago" no país irmão.

Quanto às resposta:

Quando te escrevem aparece o nome de quem escreveu.
Clicas nesse nome e vais ter ao blogs dessa pessoa.

Procura o primeiro poema (para ser mais fácil) e embaixo diz comentários, ou qualquer outra palavra "eyes por exemplo" muda de pessoa para pessoa.

Clicas nessa palavra e aparece um quadro
com os coments que a pessoa recebeu.
Em cima ou no fim (depende de cada um)
aparece o quadrado onde faz o commentes.

Esvreve e depois insere letras ou não (se percebe bem)e publica, onde diz publicar

Aparece outro quadro onde põe apenas "Clover "
por baixo a password que tem de ser do google.

e publica e ele diz: o seu comments foi publicado, ou será publicado com a aprovação
do proprirtário do blogs.

Está publicado de uma forma ou outra.
Aí vais ao quadrado onde publicaste que se encontra vasio e clicas para retirar o teu nome e esperas que ele diga "aguarde"
depois tudo se processa sem lhe mexeres e
respondeste a quem te escreveu.
Percebido? Um abraço. Mª. Luísa
De jpcfilho a 22 de Fevereiro de 2011 às 15:57
Olá Maria Luísa, que bom estás de volta aos versos, aos comentários e ateus amigos. Estarei aqui de vez em quando a ler teus comentários e crônicas .
muito bom
beijos
João Costa Filho
De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2011 às 16:06
João

Ainda bem que chegaste e viste o que costumo escrever.
Sobre poetas, mais falados na Net, e acontecimentos no mundo actual e escrito em prosa à minha maneira, como sempre faço.

Fico feliz por teres encontrado o blogs aberto ao público. no sapo.

Beijos e obrigada. Conto contigo!

Mª. Luísa
De Anthos a 23 de Fevereiro de 2011 às 12:07
Boa análise e bem escrita. Gostei,l, como tudo

que vem de ti!

Anthos
De M.Luísa Adães a 23 de Fevereiro de 2011 às 14:04
Thanks Anthos

M. Luísa
De M.Luísa Adães a 23 de Fevereiro de 2011 às 15:39

Thanks Anthos

M. Luísa
De MC a 23 de Fevereiro de 2011 às 12:11
Gostei da tua análise!

Correcta, bem analisada!

MC
De M.Luísa Adães a 23 de Fevereiro de 2011 às 14:05
Thanks MC

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 23 de Fevereiro de 2011 às 16:38
O Rei Gago! Vi o anúncio, Maria Luísa e penso que é uma temática com todos os ingredientes para agradar a muitos públicos...
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 23 de Fevereiro de 2011 às 18:41
Também penso o mesmo.

Se a história não focasse aquele personagem,
seria um bom filme, bem interpretado, mas
sem Óscares.

That´s my opinion!

Thanks and kisses,

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 24 de Fevereiro de 2011 às 12:32
Eu não o vi... há anos que só vejo um ou outro filme na TV. Tenho a impressão de que o último que vi, no cinema, foi o Modigliani... uma maravilha! Mas sou capaz de estar a exagerar porque eu "entro pelos personagens dentro", quando são pintores ou escritores... projecto-me e revejo-me neles com a maior das facilidades.
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 25 de Fevereiro de 2011 às 07:23
Não enconto o comemtário onde me falas do meu amigo Pruno. Parece que desapareceu...

Aquela mão de pessoa junto à mão do bichinho
foi-me oferecida por ele.

Se desejares leva-a para os teus premios, eu te
ofereço como amiga dos animais.

Ele é Pruno Terra Bruna.

Se o quiseres encontrar vai aos 7degraus e
no meu último poema (ainda não o leste) e
procura nos comentários Pruno Terra Bruna,
clicas e vais ter ao meu amor e aprecia a beleza dele e o encanto do blogs.
Deixa comments e diz que és amiga da Mª. Luísa e não te esqueças de te tornares seguidora dele.
Ele vai responder.

Leva a oferta que tanto te encantou!

Beijos,

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 25 de Fevereiro de 2011 às 12:17
Irei, sim, Maria Luísa, mas não estou muito segura de o conseguir fazer hoje... estou numa situação muito, muitíssimo desagradável e não sei se terei calma e discernimento para conversar serenamente seja com quem for. Desculpa-me. Irei assim que puder.
Abraço!
De M.Luísa Adães a 25 de Fevereiro de 2011 às 12:37
Entendo! Leva o prémio quando estiveres bem

Mas que se passa, My dear?

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 25 de Fevereiro de 2011 às 12:41
Não me enviaram, ainda, o vale da segurança social. As contas estão no prazo limite e eu estou capaz de explodir... e não é no sentido criativo do termo.
Abraço.
De M.Luísa Adães a 25 de Fevereiro de 2011 às 20:32
E tens razão amiga minha.

Sem dinheiro, (mola real) não há paciência para nada.

Contacta a tua filha mais próxima, por favor.
Não fiques abandonada!

Desculpa a vida e a mim também...

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 28 de Fevereiro de 2011 às 12:34
Coitada da minha filha mais próxima! Nem sei se acom problemas... mas vão-me desligar isto! Bjo!
De M.Luísa Adães a 28 de Fevereiro de 2011 às 15:52
Tu estás a confundir o que escrevo e as minhas intenções. Estás muito nervosa (é
normal).

Mas quando eu falei no meu último amor e estar apaixonada, me referia a

"UM GATO" Norueguês que vive em Espanha .

E tem um blogs muito bonito, engraçado e cheio de humanidade para os animais.

Tu vens com uma conversa que já tiveste o último amor "e isso que tem a haver com o Gatinho amigo? E te digo, não passes por lá e vê se melhoras.


Quando estiveres em Pânico~, cuidado com as palavras e tenta entender o que digo e por
último, nessas aflições, não respondas.

Lamento, mas o teu estado de nervos é deplorável e até tens toda a razão, mas eu não
sou culpada de nada!

Peço desculpa!

Maria luísa
De poetaporkedeusker a 28 de Fevereiro de 2011 às 16:08
Desculpa! Estou mesmo a ficar estúpida, vês como eu tinha razão? Só digo disparates! :)) Agora até me dá vontade de rir... mas, pânico? Nunca tive um ataque de pânico em toda a minha vida... conheço o quadro, mas nunca tive. O pânico é uma coisa diferente, amiga. Pode surgir por tudo e por nada e chega a provocar a paralisação ao doente... eu estou zangada e legitimamente furiosa com o atraso do vale dos correios, não tem nada a ver...
Acho uma delícia e perdoa-me por não ter entendido a metáfora! Estive, ainda hoje, a pensar que o último amor da minha vida seria o Sigmund, o meu gato... ou o único que é mesmo meu. Claro que sim! Que maravilha! Perdoa-me, mas eu estava tão estupidificada pela miséria, que já te imaginava com um namorado a sério, um Homo Sapiens sapiens :))
Não tens culpa de coisa nenhuma, claro! Deplorável é mesmo a situação e a minha inteligência estar, pelos vistos, encolhida :))
Abraço grande e desculpa-me!
De M.Luísa Adães a 1 de Março de 2011 às 09:19
Mas que grande disparate e ainda dás uma lição sobre a palavra "Pânico"...
Quero que saibas que também tenho direitos!

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 1 de Março de 2011 às 14:00
Valha-me Deus... mas eu penso não ter posto em causa nenhum dos teus direitos... não posso tê-lo feito! Isso não faz parte de mim, retirar ou pôr em causa os direitos de qualquer ser vivo... não foi uma lição sobre a palavra pânico... pelo menos eu não o disse com essa intenção. Só achei que estavas a confundir a minha aflição mais do que justificada com o pânico.
Mas estou com muito pouco tempo para conversarmos calmamente. Os meus pobres gatos têm os litters numa vergonha, ainda fico sem água e gás e não tenho saldo no telemóvel. Tenho mesmo de ir levantar o bendito vale... ainda por cima não sei o que fiz à pen onde trazia - ou pensava trazer - o meu soneto de hoje.
Para cúmulo, hoje é um daqueles dias em que mal me consigo mexer... vi-me aflita para tomar o meu duche e levei horas e horas para tratar dos animais.
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 1 de Março de 2011 às 14:52
Disseste e bem irada. Não é censura, mas para perceberes como te encontravas...É bom
para ti te reconheceres e disseste mais coisas ( não relacionadas comigo, mas contigo e não deves dizer por melhor que sejas). Lê e medita!

Deste uma lição de cultura (eu preciso, mas há quem necessite muito, mas muito mais) e
tu não dás. Cuidado com o que escreves quando sais de ti.
Escreveste coisas que me deixaram estupefacta!"! De loucos! Tu passas-te! sabias?

Porquê eu? Chega de me escolherem para vitima!

M. L.

De poetaporkedeusker a 2 de Março de 2011 às 12:27
Caramba, Maria Luísa... acredito que tenha dito alguns disparates, mas garanto-te que nunca me passou pela cabeça fazer de ti uma vítima! Muito pelo contrário, estava só a desabafar e nós tendemos - todos - a desabafar com quem temos alguma afinidade. Não me lembro nada, nada, nada de te ter tentado dar uma lição fosse do que fosse... não estou aborrecida, de maneira nenhuma, apenas estupefacta. Estava, efectivamente, furiosa, mas daí a vitimizar os meus amigos dos blogs... só se fosse por terem de me aturar as queixas e a zanga que lhes não era, de forma alguma dirigida. Acredita.
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 2 de Março de 2011 às 15:12
Vamos esquecer! Eu estou doente e não posso escrever. Vim há minutos, do Hospital do Sams.

Podes desabafar sempre! Até à próxima!

Um abraço,

M. L.
De poetaporkedeusker a 2 de Março de 2011 às 15:34
Caramba, amiga! É novamente a coluna? Não respondas enquanto não te sentires recuperada!
Fica boa depressa e não te excedas nas horas de trabalho ao computador!
Abraço grande!
De poetaporkedeusker a 28 de Fevereiro de 2011 às 16:14
Vou agora visitar o teu amor, Maria Luísa. A minha situação continua caótica, mas eu acalmei um pouco com este confronto com a minha própria burrice... não entendi minimamente uma metáfora simples que eu mesma costumo utilizar, até no dia a dia. Ao que pode chegar uma poeta! Nunca imaginei poder ser tão burrinha...
Até já!
De M.Luísa Adães a 1 de Março de 2011 às 09:24
Cuidado com as Palavras! Cuidado com a
"Ira".

Imagina uma paixão, sem ser por um gato...
Coisa de louco!

Te perdoo! Quando fores ao Pruno, vai através
do google.

Mª. Luísa

De poetaporkedeusker a 1 de Março de 2011 às 13:50
Ainda bem que tens essa capacidade de me perdoar, Maria Luísa! Eu não devia estar no meu perfeito juízo! Estava completamente absorvida pelo "desaparecimento" do vale, tinha as contas todas no limite - já todas ultrapassaram o limite... - e já me começava a escassear o alimento dos meus amigos de quatro patas. Já fui ontem ao Pruno e acho-o uma maravilha! É lindo de morrer!
Fui pelo Google e adicionei-o, depois de lhe ter deixado umas palavrinhas a elogiar-lhe a beleza! :)
Abraço grande!
PS - O vale chegou finalmente e eu estou super atrasada pois tenho de o ir levantar já.
De M.Luísa Adães a 1 de Março de 2011 às 14:39
´É no exagero que está a verdade"...
não sei se é de pirandello na "Visita da Velha Senhora""...

Continua a tentar e eu também...

"Cuidado com as palavras!"

Um abraço

M. L.
De poetaporkedeusker a 1 de Março de 2011 às 14:46
Ainda aqui estou e já deveria estar nos CTT... acabei por encontrar a pen e o soneto que, por estranho que pareça, foi escrito antes de eu ter visto o Prós e Contras de ontem à noite... eu mesma me admirei de o ter escrito no dia 27 pois se tivesse de escrever algo a propósito da sessão de ontem, no Teatro Camões, não poderia ter escrito com maior propriedade.
Tens razão... não tenho tido o menor cuidado com as palavras e, pelos vistos, nem sequer consegui interpretar bem o comentário em que me falavas do Pruno Terra Bruna... acho que este atraso do vale fez muito mais "mossa" do que eu própria gostaria de admitir...
De M.Luísa Adães a 1 de Março de 2011 às 15:30
Fez muito mais mossa do que possas imaginar!

Cuidado, em circunstâncias menos boas (foi o
caso) responde apenas quando a "ira" passar.

Assunto arrumado! Agora quando escreveres,
escreve para: "ÓSCAR".

E lê o final.

Um abraço,

M. L.

De jabeiteslp a 23 de Fevereiro de 2011 às 21:39
espero não ter sido a minha tirada
sobre o assunto do meu blog...

elucida-me

uma noite bonita pra ti
jocas
De M.Luísa Adães a 24 de Fevereiro de 2011 às 10:34
Jabei

Que tirada? E qual o assunto do teu blogs?
Não entendo nada. Tem a ver com "O Rei Gago" ? ( nome que deram ao filme no Brasil).

Vou ao teu blogs

M. L.
De jabeiteslp a 25 de Fevereiro de 2011 às 19:47
olá
desculpa só agora aparecer
mas um tecnico tem tentado
aplicar o AUTOCAD
e nada...prá semana ficarei sem PC
para ver se conseguem dar a vola à questão...

beijinhos Luisa
um grande fim de semana
De M.Luísa Adães a 25 de Fevereiro de 2011 às 20:07
Jabei

Uma semana sem pc é uma afronta aos teus amigos.

Problemas no pc...vamos aguardar que fazer?
Nada!

O meu livro era para saír em Fevereiro, não
foi possível pois estive ausente.
Talvez saia em Março, mas já não digo nada.

Assim que possível escreve!

Beijos e melhoras,

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 25 de Fevereiro de 2011 às 21:14
embora talvez seja possível
pois a Nercab tem computadores...

beijinhos

e sobre o livro
penso que veio em mau momento
pois com estes problemas orçamentais
q dizer?
anda meio mundo aflito...

bom fim de semana
De M.Luísa Adães a 26 de Fevereiro de 2011 às 10:57
Que te arranjem um computador.

Sobre o livro tens razão. Nasci na época errada! Paciência!

Beijos e obrigada
De Julio a 1 de Março de 2011 às 09:45
Muito gosta a Academia de dar Óscares com fartura aos artistas britânicos.

O filme é bom, mas conta uma história banal,
só o personagem "gago" não é banal.

Com respeito por Jorge VI, mas se o personagem em foco não fosse ele, não havia
Óscares.

Não sei de quem é a melhor interpretação,
se do Rei Gago, se do pobre terapeuta que
o ajudou sempre, a vencer...

Julio
De M.Luísa Adães a 1 de Março de 2011 às 11:51
De acordo contigo!

Essa é minha opinião, sem ofensa.

Um abraço,

Mª. Luísa

Comentar post

relojes web gratis

Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001