Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Círculo Mágico, pintura de John William waterhouse

 

Águas

 

Ninfas, Ondinas, Náiades, os Espíritos das Águas .

 

 

NINFAS

 

Tiram energia ao Sol

E transmitem às águas.

Ligadas à floresta,

Montanhas e águas.

 

ONDINAS

 

Ligadas às quedas de água

E vegetação circundante.

Vivem em rios,

Fontes,

Lagos,

E pântanos.

Tal como as Náiades,

 

E são traiçoeiras,

Como as Náiades.

 

FADAS ou SÍLFIDES

 

Espíritos do Ar, Água e Fogo.

 

As Fadas do Ar

 

Ligadas às nuvens e tempestades,

Vivem nas alturas.

 

As Fadas Da Terra

 

Estão ligadas aos Gnomos,

Vivem no interior da terra,

Cuidam das raízes das plantas.

 

As Fadas do Fogo

 

Pertencem às Salamandras

Espíritos do Fogo,

Habitam o subsolo vulcanico

Os relampagos e as fogueiras,

Agem como "Musas".

 

ANJOS ou DEVAS

 

Seres luminosos

Que agem

Como Orientadores da Natureza.

 

E em síntese, muito breve,

Vos coloco num Mundo de Magia.

 

Escrevo para mim,

Mas ofereço a quem gosta

De flutuar,

Abraçar,

Amar,

Sonhar,

Nas "Asas do Vento"

 

E ouvir o soluçar

Desse Vento...

 

 

 

Mãe Natureza de

todas as vidas,

terra de todos os seres.

 

Água, fadas,

ninfas, gentes.

 

Gnomos,

duendes,

silfos, elfos, serpentes.

 

Bichos, fogo, ar, ondinas

salamandras, espíritos, sementes.

 

Terra de seres encantados!

 

Maria Luísa

 

publicado por M.Luísa Adães às 10:58
link do post | comentar | favorito
|
26 comentários:
De Silfides a 21 de Julho de 2010 às 16:51
Embora muito resumido

me agradou!

S.
De M.Luísa Adães a 21 de Julho de 2010 às 16:54

Obrigada pelo interesse.

M. L.
De FatimaSoares a 21 de Julho de 2010 às 20:59
Olá Maria Luísa como está. Aqui está um post sobre o qual adoro ler e divagar... Coisas mágicas ajudam a sonhar. Obrigada pelo gesto. Como vai minha amiga já fez a sua ressonância? Bjs com carinho.
De M.Luísa Adães a 22 de Julho de 2010 às 08:04
Fátima

Minha amiga, obrigada por te interessares por esse mundo de "Magia". Tenho estado num trabalho em que a magia predomina.
E me lembrei de a trazer, um pouco, a este espaço meu e de meus amigos.
Fica como lembrança desse trabalho, ainda não acabado.

A RM foi de grau II, minha sorte, a ser de grau III, teria de ser operada.
Mas o grau II deixou muitas feridas no interior
do menisco, cartilagens, rótula (tudo no interior do que cito).
Não sei o tempo de demora.
Não posso ir aos blogs de meus amigos, mas aos convites e aos comentários posso responder

Grata fico por tua sensibilidade à minha magia e à minha saúde e ainda mais, por te
encontrar neste recanto, tão a meu gosto.
Não esqueci tua Poesia!

Beijos e saudades,

Maria Luísa
De jabeiteslp a 22 de Julho de 2010 às 08:22
pois é
as fábulas
e num prisma do nosso imaginário

tenho que arranjar um caldeirão...


beijinhos e feliz dia

De M.Luísa Adães a 22 de Julho de 2010 às 09:36
Pois é, arranjas um caldeirão bem grande,
água aromática, bem fervida,

lá dentro pões iguarias variadas,
néctar das abelhas,
vinho "Vateliano"e tudo do melhor.

Serves os "Deuses" em mesa florida de mil cores e pões passadeira de veludo vermelho
à chegada...

E o banquete vai começar!

Bºs ,

Maria Luísa
De jabeiteslp a 22 de Julho de 2010 às 12:23

esoterismos teus

mas eu tambem sei fazer
umas certas "mézinhas"

passadas de geração em geração
mas que de resultados
pouco dão...

beijinhos e feliz tarde
De M.Luísa Adães a 22 de Julho de 2010 às 13:24
joca

As "mézinhas" do antigamente não dão?

Põe novos ingredientes no caldeirão

de água fervente.

Eu ouvi,
Ouvi alguém assobiar
O canto
Do vento
Batendo na Asa Delta,
Sonho dos homens
De voar.

Nada fiz
De diferente,
Não tive esse talento!...

Mas recebi
Em meu jardim,
A vinda dos Deuses.

Nada pedi
E tanto tinha a pedir,
Mas não pedi!

Esperei,
Regressei ao meu tempo
E aceitei.

Mas não há esquecimento
Apenas lembranças...

Faz como te digo
E não esqueças o vinho
Vateliano.

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 23 de Julho de 2010 às 01:34

pois
mas o vinho daqui
é do melhor que já bebi...

até faz zig zagues há há há há

feliz noite pra ti
jocas
De M.Luísa Adães a 24 de Julho de 2010 às 10:17
Joca

Mas acredita no que te digo.

De vinhos percebo eu! E os provadores de vinhos, os que decretam isto é bom, aquele não presta - não bebem vinho!

Para perceber de vinhos não se pode beber!

Tu sabes que isto é verdade,
mas também é verdade,

"Eu perceber muito de vinhos"

E não contes histórias daqueles que bebem demais e já nem sabem, o que estão a beber.

Percebe de vinhos
É perito em vinhos
quem não bebe vinhos!

Sabes que é verdade. O que digo é verdade.

Bom Fim de semana,

Mª. Luísa
De M.Luísa Adães a 24 de Julho de 2010 às 12:12
joca

Fizeste bem em te calares

e obrigada pelo nome do teu blogs.

Bom Dia para ti,

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 24 de Julho de 2010 às 15:23

calei.me porque
tenho uma pata toda inchada
uma omoplata meio deslocada

e tou enjoado da noitada há há há

jocas grandes
De M.Luísa Adães a 24 de Julho de 2010 às 15:30
joca

Toma cuidado com as festanças.
Nunca deixes de ser um homem lúcido.

Podes beber, todos podemos beber, não podemos ultrapassar nossos limites.

Se o fizermos, deixamos de ser Gente e não há
Magia que nos salve.

Com amizade,

Mª. Luísa
De jabeiteslp a 24 de Julho de 2010 às 15:39

pronto pronto pronto

uma vez não são todas

De M.Luísa Adães a 24 de Julho de 2010 às 16:31
J.

Para fugir ao malefício da Magia

é necessário,

ser você próprio - sempre!

Mª. Luísa
De luadoceu a 22 de Julho de 2010 às 14:38
ola amiga
fadas
e lindo saber assuntos de fadas
c estas?
bjinhos
De M.Luísa Adães a 22 de Julho de 2010 às 14:51
Luadoceu

Querida amiga,

Que bom te encontrar!

Falo de Fadas. É bom saber para contar às crianças.

Um dia quando a menina crescer, te lembras de mim e contas a teu modo, a história das fadas. O encontrar-te e a tua assiduidade,
me comove sempre. Não sei o porquê!

Beijos para ti e para todos, Adorei encontrar-te!

Mª. Luísa
De a 22 de Julho de 2010 às 18:19
Querida Mª Luisa,
Que mundo mágico este, que aqui nos apresenta.
Sinto-me transportada à minha infancia e pré-adolescencia, em que devorava todos os livros que encontrava sobre o tema.
Beijinhos amiga
De M.Luísa Adães a 22 de Julho de 2010 às 19:36


Obrigada por me visitares, nesta espécie de mundo em que transformei, este blogs de
prémios.

Comecei a escrever pequenas coisas de que gosto e me sinto mais livre, neste espaço, do que no prosa-poetica ou no google.

Aqui apresento o que gosto e sou visitada apenas por amigos, daqueles que me ficaram,
depois de me libertar mais, muito mais, do sapo.
Precisava de me libertar. Não quero dizer que o abandonei, mas espacei.
Estou a escrever no google:

http://os7degraus.blogspot.com

Encontrei outro mundo e os amigos verdadeiros do sapo, me têm acompanhado,
além de outros do próprio google.

Sou criatura errante e os amigos no sapo, na grande maioria, se foram afastando,
por razões só deles e que desconheço.

Mas não abandonei o prosa-poetica - espacei,
como disse.
Gosto deste recanto intimista, onde muitos me têm procurado.

Aqui eu escrevo o que me apetece, para mim
e quem gosta de mim.

O google é mais frio, mas escrevo lá, tenho tido gente interessante e mudei...

Não esqueci uma duzia de amigos no sapo que
também, não me esqueceram.

E aí está a prova - fui hoje ao seu blogs com saudade e recebi sua visita que adorei.

Beijos e obrigada,

Mª. Luísa

De poetaporkedeusker a 10 de Agosto de 2010 às 16:35
Gosto de te ver por aqui, Maria Luísa... com fadas, elfos, sílfides, ondinas e tudo!
A minha magia fica-se pelas palavras, não sei preparar caldeirões como o do JWW...
Um enorme abraço, minha querida amiga!

PS - Já levei a imagem do AVATAR para os meus Prémios. Publiquei também uma tela que pintei em 2006 e que tem muitos pontos de convergência com o filme.
De M.Luísa Adães a 11 de Agosto de 2010 às 16:34
Mª. João

Eis o meu mundo de magia. Já o tinha em
criança pequena,
tinha amigos imaginários com quem conversava e brincava.
Ao ler sobre Fernando Pessoa , me admirei,
ele também tinha amigos imaginários com quem falava e brincava, era o mundo dele de criança e por coincidência estranha, comigo
aconteceu o mesmo.

Dizem que os hererónomos vêm desses amigos
imaginários.

Eu não trouxe heterónimos, também não seria viável.
Mas de qualquer forma nunca disso me lembrei, ele lembrou-se, estava muito acima de mim, como é evidente.
Mas a coincidência em crianças, foi igual.

Esse mundo de magia, me parece espetacular.

Beijos e obrigada,

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 11 de Agosto de 2010 às 16:50
Sabes que eu acho que os blogs teriam sido o meio ideal para o Fernando Pessoa, se fossem do seu tempo? Imagina a quantidade de blogs que aquele homem teria criado! Um para cada um dos seus heterónimos! E, muito provavelmente, interagiriam entre eles... já pensei nisso muitas vezes, logo desde o início. Mas teria de se ser mesmo Fernando Pessoa e eu gosto muito de ser a Maria João. Mas que é interessantíssimo, é!
Olha, tenho uma foto dele no meu álbum do sapo. Não consegui identificar o escritor que está com ele na foto, mas foi tirada pela máquina velhinha do meu avô.
Abraço gde!
De M.Luísa Adães a 12 de Agosto de 2010 às 11:34
Mª. João

Não imagino Fernando Pessoa nesta época e
daí imagino, pois ele está inserido no séculoXX
foi considersdo o maior.
E continuará, eternamente, a passar todos os século vindouros e todas sas mudanças e ele
será sempre o maior. tornou-se "atemporal".

Mas imaginando que ele aparecia neste tempo
nesta época presente, como seria recebido?

Que faria na Net? Maravilhas, talvez e seria
amado pela ignorância em relação à Poesia?

Seria amado?
No tempo em que viveu, perdeu
num concurso literário e só publicou a
"Mensagem".

Difícil de imaginar! Se eu não estivesse doente, talvez imsginasse e até escrevesse,
mas assim como estou - nada é possível, nem para mim.
No AVATAR , se possível, coloca também
o nome do meu blogs do google:

http://os7degraus.blogspot.com

Beijos e obrigada,

M. Luísa
De poetaporkedeusker a 12 de Agosto de 2010 às 12:37
Só tenho a certeza de que o Fernando Pessoa arranjaria forma de deixar a sua mensagem, fosse em que época fosse! Um homem como ele não desiste, por mais adversa que a vida lhe possa ser!
Desculpa eu ter-me esquecido de deixar o link para os 7degraus. Vou fazê-lo a seguir ao almoço!
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 12 de Agosto de 2010 às 16:17
um homem como ele escreve em qualquer lugar, em qualquer época.

Eu quanfo estiver melhor, ainda vou tentar ter uma conversa com ele, nesta época e na net.

M. L.

Comentar post

relojes web gratis

Familia Maldonado /Brasão

24. Setembro .2001